LOGOCEREST

slogan
DestaquesCompartilhe:
Matéria publicada em 28/09/2012.

Cerest Ijuí participa do VI Encontro Nacional da Renast

Mais de 300 profissionais de todo o país participaram na última semana do VI Encontro Nacional da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast). Entre eles os representantes do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador da Macrorregião Missioneira (Cerest Ijuí), o Coordenador Rubens Korb, o Assessor Jurídico Carlos Renato Sória e o integrante do Controle Social da entidade Arno Feigel. Evento marcou os 10 anos da instalação da Renast e buscou promover o alinhamento das políticas públicas da saúde do trabalhador.

Realizado pelo Ministério da Saúde, o evento abrangeu palestras, painéis, além de lançamentos de livros e relatos de experiências desenvolvidas no âmbito das ações de saúde do trabalhador no Sistema Único de Saúde (SUS). Também foram abordadas a articulação intra e intersetorial da saúde do trabalhador e as diretrizes da Política Nacional de Promoção da Saúde do Trabalhador do SUS. O destaque do evento foi a nova Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora que foi debatida durante os três dias. “O encontro possibilitou um maior entendimento e reflexão sobre os assuntos abordados. O desafio agora é encontrar estratégias para implementar todas essas políticas discutidas, que o suporte técnico, junto a todas as interfaces envolvidas nesse âmbito”, afirma o Coordenador do Cerest Ijuí.

 

A Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora se articula com a política e com o Plano Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho, que integra ações no âmbito do SUS, em parceira com os ministérios do Trabalho e Emprego e da Previdência Social. As metas dessa política são fortalecer a Vigilância em Saúde do Trabalhador e a integração com os demais componentes; além de promover a saúde em ambientes e processos de trabalhos saudáveis; garantir a integralidade na atenção à saúde do trabalhador; ampliar o entendimento de que a saúde deve ser concebida como uma ação transversal; incorporar a categoria “trabalho” como determinante do processo saúde-doença dos indivíduos e da coletividade, incluindo-a nas análises de situação de saúde e nas ações de promoção em saúde.

O evento realizado nos dias 19, 20 e 21 foi organizado pela Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador, da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde.