LOGOCEREST

slogan
Publicações CerestCompartilhe:
Matéria publicada em 13/09/2011.

O Cerest

Os Centros Regionais de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST, são serviços de saúde direcionados para os trabalhadores, implementados a partir dos anos 80 na rede pública de saúde, com a proposta de prestar atenção integral, de assistência e vigilância dos agravos e das condições dos ambientes de trabalho, desenvolver conhecimentos especializados na área e atividades educativas, com a participação dos trabalhadores.

O CEREST da Macrorregião Missioneira, com sede em Ijuí, desenvolve suas atividades desde janeiro de 2004, é um serviço especializado na área de saúde do trabalhador, tendo como principal objetivo a PREVENÇÃO de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.

Sua região de abrangência integra 80 municípios com uma população de aproximadamente 890.258 habitantes, com uma área de 38.324,67 KM² (IBGE 2010). A economia nesta região é basicamente agrícola, onde o principal produto é a soja, segui da de trigo, milho e fumo, produzindo em menor quantidade feijão, aveia e hortaliças. Na pecuária destaca-se a produção de leite e a criação de suínos e bovinos.

Encontram-se também empresas na área de metal-mecânica e agronegócio.

O CEREST deve ser compreendido como uma ferramenta estratégica para disseminação das práticas em saúde do trabalhador na rede do SUS, no âmbito de uma região de saúde. Dessa forma, o CEREST representa, em determinado território, um pólo irradiador da cultura especializada subentendida na relação processo de produção/saúde/trabalho/meio ambiente, assumindo a função de suporte técnico científico deste campo do conhecimento, junto aos profissionais de todos os serviços da rede SUS neles existentes, orientando-os nas suas práticas de atenção.

Este suporte não deve se traduzir unicamente pela função de núcleo de inteligência, de supervisão ou de capacitação desta rede de serviços, mas deve, necessariamente, concretizar-se em práticas conjuntas de intervenção especializada e, particularmente, em práticas de vigilância e de assistência especializada de maior complexidade.

No contexto do SUS a área de Saúde do Trabalhador emerge como um desafio a mais, no sentido de promover os meios necessários para atendimento, o que a partir de 1988, com a Constituição Federal, passou a ser também atribuição das Secretarias de Saúde dos Estados e Municípios.

A RENAST (Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador) é uma rede desenvolvida de forma articulada entro o Ministério da Saúde, as Secretarias de Saúde dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios para a garantia de atenção integral à saúde dos trabalhadores.